Nascido carioca, aquariano e rubro-negro em 11/02/55.
Profissão: Escritor.

Comecei a viver quando li A chave do tamanho, de Monteiro Lobato – uma história em que as crianças tomam o poder no mundo; antes disso, não tenho registro. Depois vieram Mark Twain, Condessa de Segur, Charles Dikens, Machado de Assis, Bartolomeu Campos de Queirós e muitos Outros – a todos sou muito grato! Por muito tempo, ganhei a vida escrevendo roteiros para histórias em quadrinhos (Sítio do Picapau Amarelo, Disney, terror e muitos outros) , pocket books com histórias de faroeste (com o psedônimode Buck Gordon). Mestre em Literatura Brasileira pela PUC-RJ. Autor de artigos sobre a obra de Machado de Assis e de livros sobre o escritor. Tenho dado oficinas de Leitura de Machado de Assis no Casarão do Cosme Velho, Rio de Janeiro, e em vários estados para platéias de professores e público em geral. Sou um dos fundadores e membro da atual diretoria da Associação dos Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil (AEILIJ). Sócio da Veio Libri Produções Literárias, que presta consultoria editorial para diversas editoras de ponta no mercado como Grupo Record, Planeta, Melhoramentos, Ática, FTD-Quinteto. Inscrito na Lista de Honra do IBBY-2008 pela tradução de Os corvos de Pearblossom, de Aldous Huxley. Selecionado para o White Ravens 2008 por Sonhos em amarelo, o garoto que não esqueceu Van Gogh. Prêmio Jabuti 1994 com Confidências de um pai pedindo arrego, que também ganhou o UBES – Adolfo Aizen. Menções Altamente Recomendável da FNLIJ com Confidências de um pai pedindo arrego, Eles são sete (coletânea de contos), O fantasma do Barão de Munchausen, Contos de Copacabana, Alqueluz, Assim tudo começou, Que haja a escrita, O mundo é dos canários, O que é qualidade em literatura infantil? (coletânea de ensaios, Org. Ieda de Oliveira) e O cavaleiro das palavras e Sonhos em Amarelo, Brincos de ouro e sentimentos pingentes e Almanaque Machado de Assis. Ganhou em 2009 o Prêmio Malba Tahan - 2009, melhor livro informativo de 2008, pela FNLIJ. Ministra em 2009 as cadeiras sobre a obra de Ana Maria Machado e de Literatura Brasileira (de Manuel Antonio de Almeida a Guimarães Rosa) no curso para professores organizado pela parceria FNLIJ/SME-RJ. Ótimo cozinheiro, mora no Rio, é casado com Marisa e tem dois netos, Vicente e Olívia, duas sobrinhas, Alessandra e Nathalia, e um sobrinho, Leonardo. É padrinho do André, da Tânia, da Nathalia e do Leonardo. Seu neto Vicente acha que este avô é um dos brinquedos dele e a neta Olívia, apesar de abrir o berreiro no carrinho toda vez que ele chega junto dela, já lhe lança sedutores sorrisinhos.

Se você quiser receber informações sobre outros livros de Luiz Antonio Aguiar, além dos mencionados neste site, mande um e-mail para luiz.antonio.aguiar@veiolibri.com.br.

Copyright © Luiz Antonio Aguiar | Todos os direitos reservados | artwebrio.com